domingo, 12 de abril de 2009

Obrigado Senhor pelas obras da Tua criação

Fiquem em silêncio, liguem o som e ouçam o que eu ouvi.

video

sábado, 11 de abril de 2009

POR QUEM CRISTO MORREU?


Existem acontecimentos que foram e são marcantes na vida da Igreja - a vinda do Messias prometido, o nascimento do Senhor Jesus foi sem dúvida algo que marcou a Igreja. Mas, ao celebrarmos ou relembrarmos a chamada sexta-feira santa, estamos perante o culminar do ministério terreno de Cristo, a Sua morte vicária.

Por quem Cristo morreu?

Pelo que sabemos, naquele tempo os criminosos, os malfeitores eram condenados à morte e morte por crucificação. Era algo humilhante - não bastava a condenação como também o facto de ficarem expostos para que todo o povo visse. Creio que muitos observariam com lamento, mas outros com palavras de humilhação. Foi precisamente isso que fizeram com Cristo: "Salvou os outros; salve-se a si mesmo, se é o Cristo, o escolhido de Deus".

Gostava de voltar à pergunta: Por quem Cristo morreu? Imaginemos que estamos no Monte do Calvário e ali estão três cruzes onde foram crucificados os malfeitores, cumprindo a pena pelos seus actos indesejáveis. Mas também está o Senhor Jesus Cristo, o Filho de Deus, Aquele que foi concebido sem pecado, Aquele que veio ao mundo para salvar o seu povo dos seus pecados, Aquele que não conheceu pecado, Aquele que estava ali inocentemente... e fazemos esta mesma pergunta: Por quem Cristo morreu? Teremos a mesma atitude do fariseu? "Ó Deus, graças te dou, porque não sou como os demais homens, roubadores, injustos e adúlteros; nem ainda como este publicano."

ELE morreu por mim! Fui eu que matei a Cristo com o meu pecado.

  • Quando eu menti;
  • Quando eu fui desonesto nos meus negócios;
  • Quando eu roubei o meu patrão;
  • Quando eu fui desobediente aos meus pais;
  • Quando eu maltratei o meu próximo;
  • Quando eu cobicei a mulher do meu próximo;
  • Quando eu caluniei;
  • Quando eu deixei de amar o meu próximo;
  • Quando eu pensei mal do meu irmão;
  • Quando eu não fui sincero e transparente;
  • Quando eu amei mais o dinheiro do que a Deus;
  • Quando eu amei mais as coisas do que a Deus;
  • Quando eu fui impuro nos meus pensamentos;
  • Quando eu desobedeci;
  • Quando eu deixei de fazer o que era recto aos olhos do Senhor.

As frases estão no passado, mas bem as podemos colocar no presente.

Jesus no Getsemani fez esta oração: "Pai, se queres, passa de mim este calice; todavia, não se faça a minha vontade, mas a tua."

Jesus sabia da aproximação da hora em que seria abandonado pelo Pai, seria deixado na cruz a sofrer uma morte horrível. JESUS estava a levar o peso do meu pecado; do teu pecado.

"... e escurecendo-se o sol; rasgou-se ao meio o véu do templo. E, clamando Jesus com grande voz disse: Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito. E, havendo dito isto expirou."

Tudo isto "Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que lhe deu o seu Filho unigénito, para que todo aquele que nele crê, não pereça, mas tenha a vida eterna." (João 3:16)

A Deus toda a Glória! ALELUIA JESUS ESTÁ VIVO.

Pr. Manuel Luzia